Navigation Menu

ENTREVISTA: Chilli, Do TLC, Explica Porque Decidiram Lançar O 5º E Último Álbum Do Grupo Através Do Kickstarter


Hoje (19/01) o TLC apareceu nos principais sites de música do mundo após anunciar o projeto de produção e lançamento de seu primeiro álbum independente, e, segundo T-Boz e Chilli, o último da carreira da banda. 

A polêmica em torno do lançamento está no fato do grupo ter iniciado uma campanha no site Kickstarter, para arrecadar fundos para o projeto. Com isso logo surgiram os boatos de que as duas lendas da música estariam falidas, sem contrato e desesperadas por dinheiro para lançar um novo disco. Mas ao contrário disso a banda recusou contrato de grandes gavadoras e prefere confiar na fidelidade de seus fãs criando um álbum junto com eles e feito exclusivamente para eles. 

Os fãs terão o direito de opinar no processo de criação do trabalho que eles estão financiando e automaticamente ganharão "brindes" que vão de autógrafos à ingressos, remixes e faixas exclusivas, ingresso vips, entrada na festa de audição do álbum, e até roupas icônicas usadas pelo grupo, dentre outras coisas.

O TLC não são as primeiras nem serão últimas artistas a utilizarem da tecnologia e da ferramenta Kickstarter para lançar um projeto, recentemente o cantor Neil Young arrecadou mais de 6 milhões de dólares para lançar o Pono Music. 

Nos anos 90 T-Boz, Left Eye e Chilli foram pioneiras ao liberar via mp3.com uma música promocional intitulada "I Need That" para divulgar o álbum "FanMail", anos depois à venda de música na internet ultrapassa a venda de discos físicos, e pela grande aproximação com um público extremamente fiel, e enorme distanciamento do interesse da banda em se prender à contratos e regras de uma gravadora, porque não apostar no Kickstarter para lançar algo inovador e feito por quem melhor entende do grupo?




Confira abaixo a tradução de uma das várias entrevistas que o grupo concedeu hoje esclarecendo um pouco mais o novo projeto da dupla. No papo do TIME com a Chilli foi discutida a campanha no Kickstarter, o relacionamento contínuo do grupo com seus fãs, a música que elas estão trabalhando (incluindo uma colaboração com Lady Gaga) e a esperança de ampliar ainda mais o legado do TLC.


TIME: O álbum está sendo anunciado como o último do TLC. Quem decidiu que este seria o último álbum, e por quê?
Rozonda "Chilli" Thomas: Nós decidimos. Nós queríamos adicionar ao nosso catálogo. Somo abençoadas por termos um grande catálogo, e canções que as pessoas gostam e querem ouvir. E com tantos pedidos dos nossos fãs querendo coisas novas, isso foi como: 'Ok, vamos fazer isso mais uma vez. "

Então foi realmente só por causa dos fãs?
Definitivamente. Quero dizer, foi a nossa decisão de fazer desse o último álbum. Isso é algo que eles querem. Nós definitivamente sempre fomos apaixonadas pelo que fazemos. Nós amamos performar, portanto, não é como se alguém estivesse nos para fazer algo, tipo "Vá lá fazer isso!", e nós não querermos fazer! [risos] Eu realmente quero fazer isso, mas eles (os fãs) fazem disso a cereja no topo por querer isso da gente.

Vocês são um dos grupo femininos que mais venderam na história. É difícil de acreditar que este não é um projeto de uma grande gravadora. E por que não é?
 Queríamos continuar ficando fora da caixa/sem rótulos. Quinze anos atrás fomos realmente um dos primeiros grupos a trabalhar com MP3. Isso foi um grande negócio, e eu me lembro que as pessoas não conseguiam acreditar que tínhamos obtido sucesso em algo desse tipo. Trabalhar com Kickstarter, com todas as coisas maravilhosas que eles fazem, e seu entusiasmo em querer trabalhar com a gente - você definitivamente não quer trabalhar com alguém que não está animado com o seu projeto, porque eles não vão colocar seus corações, suor e almas como nós vamos colocar. Nós sabíamos que queríamos tomar esse rumo. Fazer isso com eles nos permite envolver nossos fãs muito mais do que o que fizemos no passado. Não é tão novo para nós, mas é mais novo para eles, e mais ainda para nós por termos eles tão envolvidos. É diferente e emocionante.

Como um fã do TLC, quais os benefícios de apoiar o projeto?
Existem zilhões de benefícios. [risos] Nós nos divertimos chegando com tantas idéias. Definitivamente vamos fazer um retrocesso para o FanMail, quando listamos os nomes de tantos fãs dentro do CD. Lembre disso? Nós queremos fazer isso de novo. Porque, acredite ou não, nós ainda recebemos emails e cartas de fãs! Com a mídia social, você pode enviar uma mensagem direta, ou dizer o que você quer dizer para os artistas. Mas nós ainda recebemos cartas de fãs, e é tão incrível ver isso. Quem fizer uma promessa de 5 dólares ou mais será capaz de participar na escolha de uma música que vai ter um certo tipo de remix. Nós estamos esperando que tenham um grande número de pessoas participando. Então, faremos enquetes com 5 músicas, e a que a maioria escolher será a música que nós escolheremos para fazer um remix. Eles estarão realmente envolvidos e comprometidos em nos ajudar a fazer este álbum.
Vocês têm uma estratégia promocional além do Kickstarter para o lançamento musical?
Por agora, nós estamos concentrandas com o lado criativo. Nós definitivamente temos idéias, tanto para as músicas, quanto para a promoção. Os fãs vão estar envolvidos nisso também.

Vocês se preocupam com o ponto de vista externo com a percepção de quem vem de um contrato com uma gravadora para o Kickstarter? Vocês estavam preocupadas com tudo isso?

De modo nenhum. Isto é totalmente TLC. Volta para aquela coisa que eu disse: fora da caixa. Aquele lance que fizemos com MP3.com. Parece mais natural seguir por este caminho, especialmente neste momento da nossa carreira e da forma como tudo é digital, e como você é capaz de se conectar com seus fãs muito mais fácil por causa da mídia social. Isso nos dá quase 100% de controle criativo, enquanto antes nós não tínhamos tanto. Tínhamos o controle criativo, mas com mais restrições.

Porque os fãs opinam com o que está acontecendo no álbum?
Exatamente. Nós preferimos dessa forma. [risos]
Por anos, temos ouvido rumores sobre gravações - tudo, desde o produtor Dallas Austin, que produziu "Creep" e "Unpretty", até uma música com Lady Gaga. Essas músicas serão considerados para o álbum, ou vocês estão começando tudo do zero?

A ideia é começar inteiramente do zero, mas não vamos dizer não a uma música que os nossos fãs escutam e dizem: 'Nós amamos, e queremos ela no álbum!' Com certeza levaremos isso em consideração. A música que fizemos com Dallas, que foi feita originalmente com Lady Gaga, é uma grande canção. Ficou muito boa. Eu não sei. Com certeza não iremos descartá-la.

Então, a música de Gaga pode ser considerada para o álbum?

Definitivamente. Ela é tão incrível. Nós a amamos. É engraçado porque quando ela
conheceu Tionne [T-Boz], ela começou a chorar, e a filha de Tionne [Chase] estava com elas - você sabe, nossos filhos estão tão acostumados com a gente, nós somos as mamães. Então quando Chase viu Lady Gaga, que ela tanto amava, chorando por sua mãe, ela disse, 'Uau, minha mãe é mesmo muito legal! "[Risos] Esse foi um momento tão bacana. E ouvir [Gaga] dizer que a nossa canção 'Waterfalls' realmente a ajudou a ser mais confiante sobre si mesma - isso é ótimo! 
 Você disse que vocês estão começando do zero. Qual é o tema e o tipo de som que vocês estão explorando?
A melhor maneira de nós trabarlhamos é indo para o estúdio com o produtor e os compositores e apenas fazer tudo a partir do zero. Lembro-me de quando estávamos no estúdio com o Dallas, ele tinha uma batida e Lisa e eu, se essa batida relamente fosse bacana, saltávamos e começávamos a dançar e a criar uma coreografia juntas, o que poderia motivá-lo ainda mais a continuar o projeto porque ele estava vendo nossa empolgação. Essa é mais ou menos a forma como trabalhamos. Nós realmente construimos nossas músicas a partir do zero. E é assim que criamos o que chamamos de Som do TLC. Não é necessariamente uma faixa. O que torna o som TLC é a voz de Tionne e minha voz juntas. Eu acho que nós poderíamos fazer qualquer tipo de som nesse mundo. Acho que poderíamos fazer algo Country. [risos] Nós já fizemos um pouco disso no "FanMail"! Fizemos a faixa "Come On Down", com Diane Warren. Essa música realmente tem esse tipo de pegada country. Eu me diverti muito fazendo ela.
Então, basicamente, você está dizendo que o TLC será Country no próximo álbum?
[risos] Não queremos ser rotuladas com nenhum tipo de gênero, ta ligado? O que quer que nso faça sentir bem, se nos move e nós gostamos, vamos ficar com isso e torná-la nossa. Isso é o que nós fazemos. 
Vocês estão trabalhando com algum produtor específico? Ou vocês estão abertas a todos os produtores?
Há um grande número de produtores que trabalharam no passado, como Dallas, que queremos que esteja neste projeto. Então, nós esperando que ele tope vir a bordo.
Neste momento, estamos na verdade formando a nossa equipe. Nós anunciaremos assim que montarmos a nossa equipe, e ele está ficando muito boa. E quanto ao que você falou sobre qualquer produtor, é engraçado porque, você nem sempre tem essa química com todo mundo. Você sabe o que eu quero dizer?

Vocês nem sempre estão na mesma vibe no estúdio.
Por exemplo, eu acho que Janet Jackson e Jimmy Jam & Terry Lewis fizeram as melhores músicas de todos os tempos juntos. Você me compreende? Não que eles não façam boa música com outras pessoas também, porque eles fazem, mas tem  algo um pouco mais especial na colaboração entre os três.
Para nós, é a mesma coisa. Podemos estar no estúdio com o produtor mais quente do momento, mas pode ser que não seja capaz de criar qualquer tipo de magia! Não é sobre o mais quente, é sobre quem sentimos que temos essa conexão, e é  com isso que nós vamos estar trabalhando. Quremos fazer algo muito bom. Confie em mim, se não dermos isso à eles (os fãs), eles vão nos dizer. 
Oh, com certeza eles vão fazer você ficar sabendo.

[Risos] E eles não vão adoçar anda! Vão apenas falar a verdade.

Olhando para trás o legado como um todo, há alguma música que você traria de volta da discografia de você e lançaria como single hoje?


Sabe, na verdade teria que ser duas músicas: "Unpretty", principalmente porque as meninas sempre terão esses problemas de auto-estima, infelizmente faz parte do amadurecimento. Os caras também passam por isso. Eu não acho que temos canções o bastante para ajudar as pessoas. 
E "No Scrubs", com certeza - porque 'scrubs' (otários/babacas) nunca deixarão de existir. E eu acho que por um bom tempo tivemos tudo sob controle, porque não tinha nenhum cara na América que quisesse andar no lado do passageiro e falar com uma menina. [risos] Eles preferiam ficar no banco de trás.

Você arruinou o lado do passageiro para tantas pessoas.

[risos] Eu sei, eu sei! Gostaríamos de trazer isso de volta também.

E você, está pronta para colocar o pé na estrada?

Sim, é uma turnê pelos EUA. Esta é a nossa primeira grande turnê nos Estados Unidos em mil anos! [risos] Isso é um grande negócio para nós. Nós fizemos uma turnê pela Austrália no verão passado, e então seguimos para o Japão. Vamos muito para lá. Nós vamos muitos nessa área e, com certeza, vamos continuar fazendo isso, mas não temos tocado muito nos EUA. 
 Além deste álbum, qual é o futuro do TLC?
Eu nos vejo, na minha mente, no palco. Isso é o que eu vejo: performando, fazendo o que gostamos de fazer e dando aos nossos fãs tudo o que eles querem. Boas canções. Grande entretenimento. E alguns passos de dança para que eles possam ir para casa aprender as coreografias. Normalmente, quando estamos apresentando 'What About Your Friends "ou" Waterfalls", todo mundo saber a dança. É como um mar de dançarinos do TLC na platéia! É tão bonito de se ver. Eu simplesmente amo tanto.
Nós sempre dizemos, como no filme, 'TLC é M.T.B. [Meant To Be/Destinado à ser]. Vamos ficar aqui para sempre. Queremos criar algo tão incrível com nossos fãs através do Kickstarter, e tem essa nova geração de fãs. Temos crianças de 8 anos de idade que amam nossas músicas! É tão louco para mim. Eu amo tanto isso. Queremos que toda geração conheça um pouco do TLC.

Terca-feira (20 jan) o TLC estará no Good Morning America junto com o New Kids on The Block para anunciar a turnê dos dois grupos e também poderão aparecer no Live With Kelly & Michael (NKOTB foi confirmada, TLC possivelmente estará lá também!).

Colabore você também com a campanha do novo álbum do TLC entrando no site Kickstarter.com e contribuindo com o seu valor.


0 comentários:

Follow @ RollingSoulBrasil